Páginas

sexta-feira, 9 de julho de 2021

PROVA ANOS FINAIS - 9° ANO - (ESPAÇO AGRÁRIO, TIPOS DE AGRICULTURA, PROBLEMAS AMBIENTAIS, PROCESSO DE URBANIZAÇÃO)

 AVALIAÇÃO GLOBAL DE GEOGRAFIA – 9° ANO - ANOS FINAIS
 
TEXTO 1
Cada região brasileira oferece condições diferenciadas e propícias ao cultivo de determinados tipos de produtos alimentícios. Entretanto, as formas de cultivo de cada espécie se diferem e, por isso mesmo, existem diferentes tipos de agricultura, cada uma delas adequada às necessidades, condições climáticas e aos objetivos dos produtores e de seus consumidores finais.
 
*Tipos De Agricultura*

 *Agricultura extensiva*
Caracteriza-se por apresentar pouquíssima ou nenhuma intervenção de máquinas. Este tipo de produção, considerada de subsistência, é feita por famílias que vivem no campo, com foco no próprio consumo. O plantio, a manutenção e a colheita são realizados de modo manual, e não há investimentos em sementes, adubos ou fertilizantes especiais, como nas produções em larga escala.
 
*Agricultura moderna ou intensiva*
Utiliza a tecnologia em favor da maior produtividade no campo e elimina grande parte do trabalho humano — utilizando, em seu lugar, máquinas como tratores, semeadeiras, colheitadeiras e irrigadeiras —, o que leva ao êxodo rural e consequente urbanização.
 
*Agricultura itinerante*
É um dos mais primitivos tipos de agricultura existentes, uma vez que utiliza fogo para “limpar” as áreas a serem plantadas. Ao queimar, destruir as árvores, animais, rios e nascentes, o produtor também está destruindo o meio ambiente. É chamada de itinerante porque, em decorrência do esgotamento do solo, o produtor procura outro local para plantar, onde repetirá o processo de destruição. Este modelo é responsável pelos altos índices de queimadas no Brasil e pela destruição das florestas.
 
*Agricultura orgânica*
Sustentável, a agricultura orgânica se caracteriza por não utilizar nenhum tipo de agrotóxico, fertilizante, adubo, regulador de crescimento ou sementes geneticamente modificadas. No sistema de plantio orgânico, o solo recebe tratamento diferenciado para que não se esgote. Para isso, medidas preventivas são adotadas, tais como: rotação de culturas, adubagem verde, compostagem e controle biológico de insetos e doenças.
 
*Agricultura Familiar*
A agricultura familiar é um tipo de agricultura desenvolvida em pequenas propriedades rurais. Recebe esse nome, pois é realizada por grupos de famílias (pequenos agricultores e alguns empregados). A colheita dos produtos serve de alimentos para eles e ainda, para o consumo de parte da população.

 
1- O tipo de agricultura representado na imagem é:

 


 
A)      Extensiva.
B)      Familiar.
C)      Subsistência.
D)      Intensiva moderna
 
2- A agricultura orgânica se caracteriza por não utilizar nenhum tipo de agrotóxico, fertilizante, adubo, regulador de crescimento ou sementes geneticamente modificadas é chamada de
 
A)      Orgânica.
B)      Itinerante.
C)      Patronal.
D)      Familiar.
 
3- Assinale a opção que apresenta somente características da agricultura intensiva:
 
A)      Mão de obra qualificada, minifúndios, produtos para exportação.
B)      Mão de obra desqualificada, rotação de culturas, latifúndios.
C)      Mão de obra qualificada, alta produtividade, latifúndios.
D)      Mão de obra desqualificada, baixa produtividade, minifúndios.
 
4- Assinale a opção que apresenta somente características da agricultura extensiva:
 
A)      Mão de obra qualificada, alta produtividade, solo sem descanso.
B)      Mão de obra desqualificada, baixa produtividade, minifúndios.
C)      Mão de obra qualificada, técnicas rudimentares, produção para subsistência.
D)      Mão de obra desqualificada, uso de fertilizantes, produção para exportação.
 
  
5- A fome é uma tragédia planetária, atingindo grande parte da população dos países empobrecidos. A fome no mundo deve-se principalmente ao fato de que:

a) as populações apresentam um crescimento excessivo. 
b) a produção de alimentos é insuficiente e não há como aumentá-la. 
c) a produção e a distribuição de alimentos está destinada ao lucro, e não ao atendimento das necessidades vitais das populações do planeta. 
d) a ausência de uma tecnologia avançada aplicada à agricultura não possibilita uma maior produção de alimentos.
 
6- A rápida urbanização dos países subdesenvolvidos gerou várias consequências ambientais para a cidade. Marque a alternativa que indica dois problemas ambientais gerados pela rápida ocupação do solo urbano.

A)      Maior infiltração da água no solo e maior desmatamento.
B)      Maior volume de precipitações e melhor conservação das águas.
C)      Maior índice de deslizamentos de terra e maior ocorrência de enchentes.
D)      Maior cobertura vegetal e menor captação de água dos rios.
E)      Menor impermeabilização do solo e maior índice de chuvas.
 
7- “Refere-se primordialmente à questão quantitativa, já que são englobadas nessa categoria as cidades do espaço mundial com população superior a 10 milhões de habitantes.” O fragmento é a explicação do conceito de

 
A)      Megacidades.
B)      Megalópole.
C)      Metrópole.
D)      Cidade Global.
E)      Região metropolitana.
 
8- Cidades globais são:
 
A)      cidades do espaço mundial com população superior a 10 milhões de habitantes.
B)      as maiores aglomerações urbanas dos dias atuais. Elas são formadas pela crescente expansão de duas ou mais metrópoles, constituindo a gênese de uma ampla área urbanizada.
C)      Cidades que passam a centralizar atividades econômicas, principalmente no setor terciário (bancos, bolsas de valores, publicidade, centros de pesquisa entre outras), promovendo a integração das economias dos países em que se localizam com os mercados globais.
D)      Duas ou mais metrópoles conturbadas.
 
 
Texto 2
 
desmatamento da Amazônia não é uma prática atual. O bioma, que ocupa cerca de 49,29% (4.196.943 milhões de km2) do território brasileiro nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão e Tocantins, mantinha-se preservado até a década de 1970, mas passou a sofrer com a retirada da cobertura vegetal a partir desse período. De acordo com o IBGE, 90% dos municípios brasileiros apresentam inúmeros problemas ambientais. Entre os mais relatados estão queimadas, desmatamento e assoreamento.
(..)
Segundo pesquisas realizadas na Universidade de Oklahoma pela revista científica Nature Sustainabilitya Amazônia, no Brasil, já perdeu cerca de 400 mil km2 de floresta entre 2000 e 2017, o que não cessou em 2019, visto que o desmatamento atingiu níveis alarmantes. O Inpe divulgou dados que indicam aumento de 278% com relação ao período entre 2017 e 2018. Apenas no mês de julho de 2019 foram devastados cerca de 2.254,9 km2. Nesse mesmo mês, em 2018, foram devastados 596,6 km2.
 
Além disso, em 2019, foi constatado também na Amazônia um aumento expressivo do número de queimadas, número esse que havia caído na última década, chamando a atenção do mundo todo para o Brasil. Até agosto de 2019, foram registrados mais de 72 mil focos de incêndio, 83% de aumento com base nos incêndios registrados em 2018.
 
Segundo Douglas Morton, chefe do Laboratório de Ciências Biosféricas da Nasa, a situação é preocupante, visto que as queimadas geraram uma coluna de fumaça que se deslocou pelos estados do Brasil e também por alguns países da América do Sul. Morton associa as queimadas à prática do desmatamento, visto que a derrubada de árvores desenvolve um ambiente propício para o fogo devido à presença de madeira seca.
 
Muitos ambientalistas e até mesmo os órgãos responsáveis pelo monitoramento do desmatamento na Amazônia têm questionado algumas decisões do governo com relação à contenção da devastação do bioma, bem como à fiscalização de queimadas. Algumas medidas tomadas pelo governo federal diminuíram o poder de órgãos, como o Ibama,  no que tange às políticas de controle ambiental, o que pode ter contribuído para o aumento do desmatamento e também das queimadas.
(...)
 
Fonte: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/desmatamento-da-amazonia.htm



 
9- A prática de exploração econômica presente nas imagens e que geram problemas ambientais na Amazônia é (são) a:
 



 
a)       Queimadas.
b)      Caça predatória.
c)       Expansão urbana.
d)      Mineração.
 
10- O Brasil enfrenta diversos problemas ambientais que prejudicam as diferentes espécies que aqui vivem. De acordo com o IBGE, três problemas ambientais são os mais relatados no Brasil. Marque a alternativa que indica esses problemas:
 
a) Poluição do solo, poluição atmosférica e contaminação por metais pesados.
b) Contaminação por metais pesados, desmatamento e caça.
c) Poluição atmosférica, queimadas e caça.
d) Assoreamento, desmatamento e queimadas.
e) Queimadas, poluição do solo e contaminação por metais pesados.


Você sabia que o Brasil é um dos maiores produtores agrícolas do mundo? Essa reputação se deve também ao fato do nosso país ser um dos maiores, em extensão territorial, o que favorece a produção em massa e o fornecimento, interno e externo, de diversos tipos de alimentos cultivados no campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário