quarta-feira, 17 de abril de 2024

CERRADO

O Cerrado é um habitat único caracterizado por uma rica diversidade de paisagens e ecossistemas que abrigam uma grande variedade de vida. Suas características climáticas, topografia variada, vegetação abundante e biodiversidade única fazem dele um dos ecossistemas mais importantes e vulneráveis do planeta. Neste texto exploraremos detalhadamente esses aspectos, bem como as influências ambientais que afetam essa preciosa história de vida.

Clima do Cerrado:

O Cerrado é caracterizado por um clima tropical sazonal com duas estações bem definidas: a estação chuvosa, que geralmente vai de outubro a março, e a estação seca, que vai de abril a setembro. Durante a estação chuvosa, as chuvas são fortes e aumentam a fertilidade do solo e o crescimento das plantas. No entanto, durante a estação seca, as temperaturas podem tornar-se muito elevadas e a humidade relativa pode cair significativamente, o que pode ser um desafio para plantas e animais.

O relevo do Cerrado:

O relevo do Cerrado é caracterizado por uma grande diversidade de formas, que vão desde planícies suavemente onduladas até falésias rochosas e grandes planícies. Esta diversidade topográfica afeta diretamente a distribuição da vegetação e a disponibilidade de água, criando um microclima e habitat único para muitas espécies.

Vegetação do Cerrado:


A flora do Cerrado é muito diversificada e adaptada às condições climáticas especiais da fauna. As formações vegetais mais típicas são o cerrado stricto sensu com árvores baixas e retorcidas, o cerradão com árvores mais altas e densas e campos claros com vegetação baixa e esparsa. Além disso, o cerrado abriga diversas espécies de gramíneas, arbustos e árvores, muitas das quais nativas da região.

Biodiversidade do Cerrado:


O Cerrado é considerado uma das regiões mais ricas em biodiversidade do mundo, abrigando milhares de espécies de plantas, animais e microrganismos. Entre os animais encontrados no Cerrado, destacam-se o lobo-pintado, a onça-pintada, o tamanduá-bandeira, o tatu-canastra, diversas espécies de aves como araras, tucanos e emas, além de diversos répteis, anfíbios e insetos... Além disso, o cerrado abriga diversas espécies de plantas endêmicas, incluindo uma grande variedade de árvores, arbustos, gramíneas e flores.

Impactos ambientais no Cerrado:

Infelizmente, o cerrado enfrenta uma série de desafios e ameaças que ameaçam a sua biodiversidade e integridade como ecossistema. O desmatamento para expansão agrícola, a pecuária em grande escala, a urbanização desenfreada e as queimadas são alguns dos principais fatores que contribuem para a deterioração do Cerrado. Esta atividade humana causa perda de habitats naturais, fragmentação de habitats, erosão do solo, poluição dos recursos hídricos e perda de biodiversidade. Além disso, as mudanças climáticas globais representam uma ameaça adicional ao Cerrado, ao aumentar a frequência e a intensidade de eventos climáticos extremos, como secas prolongadas e tempestades severas.

Em suma, o cerrado é um bioma único e extraordinário que desempenha um papel fundamental na manutenção do equilíbrio ecológico e na prestação de serviços ecossistêmicos essenciais à vida no planeta. Proteger e preservar o Cerrado é responsabilidade de todos nós, pois sua conservação não só beneficia a biodiversidade local, mas também promove a saúde e o bem-estar de toda a humanidade.


sábado, 13 de abril de 2024

AMAZÔNIA

A Amazônia, uma das maravilhas naturais do mundo, é um bioma exuberante que abriga uma imensa diversidade de vida e desempenha um papel crucial na regulação do clima global. Neste texto, exploraremos em detalhes as características do clima, relevo, vegetação, biodiversidade e os impactos ambientais que afetam a Amazônia, esse verdadeiro tesouro da natureza.

Clima da Amazônia:

O clima na Amazônia é predominantemente equatorial, caracterizado por temperaturas elevadas e alta umidade ao longo de todo o ano. As chuvas são abundantes, com uma estação chuvosa que geralmente ocorre de novembro a maio e uma estação seca que vai de junho a outubro. Durante a estação chuvosa, os rios transbordam, inundando vastas áreas de floresta e criando os chamados igapós e várzeas, habitats únicos que abrigam uma grande diversidade de vida aquática e terrestre.

Relevo da Amazônia:

O relevo da Amazônia é marcado por uma grande diversidade de formas, que vão desde planícies aluviais e terras baixas até montanhas e planaltos. A bacia amazônica abriga o maior sistema de drenagem do mundo, com milhares de rios e afluentes que se estendem por uma área de mais de sete milhões de quilômetros quadrados. A diversidade topográfica da região influencia diretamente na distribuição da vegetação e na variedade de habitats disponíveis para a vida selvagem.

Vegetação da Amazônia:



A vegetação da Amazônia é uma das mais ricas e diversas do planeta, composta por uma grande variedade de formações florestais, incluindo a floresta tropical úmida, a floresta de várzea, a floresta de terra firme e a floresta de igapó. A floresta tropical úmida, conhecida como selva amazônica, é o tipo de vegetação predominante na região, com árvores altas e densas, uma densa camada de vegetação no sub-bosque e uma incrível variedade de plantas epífitas, lianas e trepadeiras.

Biodiversidade da Amazônia:



A Amazônia abriga uma das maiores concentrações de biodiversidade do mundo, com milhões de espécies de plantas, animais e micro-organismos ainda não catalogados. Entre os animais encontrados na região, destacam-se o jaguar, a onça-pintada, o boto-cor-de-rosa, o tamanduá-bandeira, o macaco-aranha, diversas espécies de aves, como araras, tucanos e gaviões, e uma grande variedade de répteis, anfíbios e peixes. Além disso, a Amazônia abriga uma vasta gama de plantas medicinais, frutíferas e madeireiras, muitas das quais são utilizadas pelas populações locais há milhares de anos.

Impactos Ambientais na Amazônia:

Infelizmente, a Amazônia enfrenta uma série de ameaças e pressões que colocam em risco sua biodiversidade e sua integridade como ecossistema. O desmatamento para a expansão agrícola, a pecuária extensiva, a mineração ilegal, a construção de barragens hidrelétricas e as mudanças climáticas representam alguns dos principais fatores que contribuem para a degradação da Amazônia. Essas atividades humanas causam a perda de habitats naturais, a fragmentação do habitat, a erosão do solo, a contaminação dos rios e a redução da biodiversidade. Além disso, o aumento das queimadas e o desmatamento ilegal exacerbam ainda mais os impactos negativos sobre a floresta e suas comunidades.

Em resumo, a Amazônia é um dos ecossistemas mais preciosos e vulneráveis do planeta, cuja preservação é essencial não apenas para a conservação da biodiversidade, mas também para a regulação do clima global e o bem-estar das populações locais e de toda a humanidade. Proteger e conservar a Amazônia requer ações coordenadas e urgentes em níveis local, nacional e internacional, visando garantir a sustentabilidade e a resiliência desse importante patrimônio natural para as gerações futuras.

quarta-feira, 10 de abril de 2024

Atividade 47 de Geografia - 6ª série - Anos Finais - Vegetações do Planeta

ATIVIDADE 47

Objeto de Aprendizagem: Vegetações do Planeta
Habilidades da BNCC: EF06GE02 / EF06GE03 / F06GE05 / EF06GE06 / EF06GE07 / EF06GE10 / EF06GE11

Faça o download dessa atividade no final, inteiramente GRÁTIS!

1- Cite as principais vegetações brasileiras e destaque as caraterísticas de cada uma.

a) Floresta Tropical:

b) Floresta Equatorial:

c) Caatinga:

d) Cerrado (savana): 

2- A vegetação dessas regiões são bem peculiares, essa vegetação é formada por plantas xerófilas, que se adaptam para condições de aridez, e ficam separadas uma das outras. Elas têm como principais elementos os maquis e o garrigue. Essa vegetação é conhecida como:

a) Savana.

b) Floresta tropical.

c) Tundra.

d) Floresta mediterrânea

e) Floresta temperada.

3- Leia o fragmento e assinale a alternativa que indica a vegetação descrita no texto.

“(...) essas vegetações se localizam geograficamente, em geral, na América do Sul, América Central, África, Ásia e Oceania. Todas as regiões citadas possuem características semelhantes como clima quente e úmido, proporcionando assim o surgimento de grandes florestas com uma enorme riqueza de biodiversidade, essas são as áreas do planeta que concentram a maior parte dos seres vivos.”

a) Savana.

b) Floresta tropical.

c) Tundra.

d) Floresta mediterrânea

e) Floresta temperada.

4- Essa vegetação é encontrada principalmente no hemisfério norte, situada entre os trópicos e os círculos polares, os países que possuem esse tipo de florestas são Estados Unidos, Europa, Ásia e no Sul do Chile com climas temperados. São diferentes em relação às florestas tropicais, pois a primeira produz uma quantidade menor de variedade de plantas e animais. Elas possuem características singulares, no inverno e outono as árvores perdem suas folhas, e por isso são denominadas de caducifólias.

As características do texto são típicas de:

a) Savana.

b) Floresta tropical.

c) Tundra.

d) Floresta mediterrânea

e) Floresta temperada.

5- Essa vegetação se faz presente no extremo norte do continente americano, europeu e asiático, a particularidade dessa vegetação é em relação ao clima, pois se desenvolve em áreas de clima frio e polar, com duas estações (verão e inverno), sendo inverno rigoroso e verão com temperatura um pouco mais elevada. Nela as vegetações encontradas são musgos, liquens e plantas herbáceas, esses vegetais se desenvolvem de forma mais efetiva no verão, pois na estação do inverno toda área fica coberta de gelo.

As características do texto são típicas de:

a) Savana.

b) Floresta tropical.

c) Tundra.

d) Floresta mediterrânea

e) Floresta temperada.

6- Esse tipo de vegetação tem uma grande semelhança com o cerrado brasileiro, elas são compostas basicamente por gramíneas e capins, árvores e arbustos espalhados na paisagem. São situadas geograficamente em regiões de clima tropical, com duas estações bem definidas, sendo uma de seca (inverno) e uma chuvosa (verão). No mundo essa vegetação se faz presente nos seguintes países e continentes: América do Sul, África, Ásia e Austrália.

As características do texto são típicas de:

a) Savana.

b) Floresta tropical.

c) Tundra.

d) Floresta mediterrânea

e) Floresta temperada.

7- São áreas com predominância de clima seco e árido, os vegetais são adaptados à falta de água, suas raízes são extensas e atingem o lençol freático, quando raramente ocorre chuva brotam plantas, mas com um período muito curto de vida. Trata-se da vegetação:

a) Savanas.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Tundra.

e) Desértica.

8- Observe a tabela e preencha corretamente com as características de tipos de espécies encontradas em cada uma.

9- Observe a tabela e preencha corretamente com as características de tipos de espécies encontradas em cada uma.

10- Observe o mapa e pesquise no livro ou na internet quais tipos de degradação ambiental ou exploração da vegetação é realizada em cada país enumerado.




 

GABARITO

 

1ª Questão

a) A floresta tropical é uma formação vegetal típica de regiões de clima quente e úmido que apresenta grande diversidade de espécies animais e vegetais. As florestas tropicais estão geograficamente localizadas na faixa tropical do globo, entre as linhas imaginárias Trópico de Câncer e Trópico de Capricórnio.

b) A floresta tropical pluvial, também chamada floresta ombrófila densa, é um tipo de floresta tropical e pluvial. É a maior representante da diversidade biológica evoluída. Diante de todos os outros biomas ela se sobressai por sua riqueza de recursos.

c) A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro, com biodiversidade adaptada às altas temperaturas e à falta de água. Localizado na região Nordeste do Brasil, esse bioma ocupa uma área de 826.411km2 e apresenta uma flora e fauna rica em endemismo.

d) Cerrado é um bioma brasileiro, caracterizada especialmente pelo bioma savana, mas também por floresta estacional e campo. A palavra "cerrado" pode ser usada em três sentidos. Em primeiro, a "fisionomia do cerrado sensu stricto" é uma das fisionomias do bioma savana, e parte da província florística cerrado sensu lato.

2ª Questão

 letra D

3ª Questão

 letra B

4ª Questão

 letra E

5ª Questão

 letra C

6ª Questão

 letra A

7ª Questão

letra E

8ª Questão

9ª Questão

10ª Questão

Entre os motivos do desmatamento no Canadá, estão a agropecuária, a expansão urbana e a construção de vias de transporte. 

No Brasil, a agropecuária, a expansão urbana, a construção de usinas hidrelétricas e o consumo de madeira pela população estão entre as causas do desmatamento florestal. 

Entre os motivos do desmatamento na República do Congo estão a prática da agricultura, a expansão urbana, a mineração, a extração de madeira e a construção de estradas. 

Na Espanha, a agropecuária, a extração de madeira e as queimadas estão entre as causas do desmatamento florestal. Grandes extensões de floresta sofrem com queimadas na Indonésia. 

O desmatamento também acontece devido à extração de madeira para o consumo da população, áreas mineradoras e plantação de palma para a produção de óleo. 

Entre as causas do desmatamento na Índia, temos a construção de usinas hidrelétrica e nuclear, a extração de madeira para a indústria de papel e a expansão das áreas urbanas e agropecuárias. 

Na China, intensa industrialização e extensas áreas de plantação de eucalipto estão entre as causas do desmatamento.




terça-feira, 9 de abril de 2024

Atividade 46 de Geografia - 6ª série - Anos Finais - Atmosfera: Tipos de Clima

ATIVIDADE 46

Objeto de Aprendizagem: Atmosfera: Tipos de Clima
Habilidades da BNCC: EF06GE02 / EF06GE03 / F06GE05 / EF06GE06 / EF06GE07 / EF06GE10 / EF06GE11

Faça o download dessa atividade no final, inteiramente GRÁTIS!

1- Cite os 4 principais tipos de clima do brasil.

2-  Observe o mapa dos climas brasileiros e escreva que clima abrange seu estado.

3- Descreva as principais características dos principais climas do Brasil.

a) Tropical: 

b) Equatorial: 

c) Semiárido:

d) Subtropical:

4- O tipo climático que ocorre nas zonas temperadas do planeta Terra, que ficam entre os trópicos e os círculos polares caracterizado pela boa distinção entre as quatro estações do ano, além da amplitude térmica anual elevada, está representado na alternativa:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Subtropical.

e) Temperado.

5- O tipo climático que ocorre nas latitudes médias, em áreas inseridas na zona temperada que estão nas imediações dos trópico, nele é possível fazer distinção das quatro estações do ano, caracterizado pelos verões quentes, com temperatura média de 27 °C, e invernos frios, com médias de 10 °C, as chuvas são bem distribuídas durante o ano, e, nos meses de inverno, pode haver registro de geada e de precipitação na forma de neve em algumas áreas. Esse clima é chamado de:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Subtropical.

e) Temperado.

6- O clima presente nas regiões de baixa latitude do planeta Terra, próximo da Linha do Equador (paralelo de 0° de latitude). É marcado pelas elevadas temperaturas na maior parte do ano, com média de 25 °C, e pela baixa amplitude térmica diária e anual, fortes chuvas e alta umidade. Trata-se do clima:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Subtropical.

e) Temperado.

7- O tipo climático que ocorre na zona tropical do planeta Terra, entre os trópicos de Câncer (23°27’ N) e de Capricórnio (23°27’ S). Apresenta temperaturas elevadas e baixa amplitude térmica anual, com temperaturas médias que chegam a 24 °C. Nele, o regime pluviométrico proporciona a existência de uma estação seca, nos meses de inverno, e outra estação chuvosa, que é o verão. O volume anual de chuvas é de 1500 mm. Esse clima é o:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Subtropical.

e) Temperado.

8- Esse clima está presente nas áreas de maior latitude do planeta Terra, localizadas entre os círculos polares (66°33’ de latitude) e os polos Norte e Sul (90° de latitude). É marcado pelo frio intenso e duradouro, com temperaturas que variam entre máximas de 10 °C e mínimas que podem atingir -40 °C. A umidade do ar é baixa, e a precipitação anual é inferior a 300 mm. É chamado de:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Subtropical.

e) Temperado.

9- O clima presente nas regiões de média e alta latitude, tem como aspecto principal a baixa umidade do ar, que acarreta volumes ínfimos de precipitação anual, seja ela na forma de chuva ou na forma de neve. As temperaturas variam de acordo com a área de sua ocorrência, uma vez que ele pode acontecer nas áreas de baixíssima umidade do ar. Esse clima é conhecido como:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Equatorial.

d) Desértico.

e) Temperado.

10- O tipo climático que ocorre na zona tropical do planeta Terra, entre as latitudes de 20° e 30° em ambos os hemisférios (Norte e Sul). Esse clima é caracterizado pelos longos períodos de estiagem (sem precipitação) e pelo baixo volume anual de chuvas, que varia entre 250 e 750 mm. As temperaturas são elevadas, com média de 27 °C, e a amplitude térmica anual é baixa. O tempo seco e longos períodos de estiagem são característicos do clima:

a) Polar.

b) Tropical.

c) Semiárido.

d) Desértico.

e) Temperado.


 

GABARITO

 

1ª Questão

Resposta: Tropical, equatorial, semiárido e Subtropical.

2ª Questão

Resposta pessoal.

3ª Questão

a) tipo climático que ocorre na zona tropical do planeta Terra, entre os trópicos de Câncer (23°27’ N) e de Capricórnio (23°27’ S). Apresenta temperaturas elevadas e baixa amplitude térmica anual, com temperaturas médias que chegam a 24 °C. No clima tropical, o regime pluviométrico proporciona a existência de uma estação seca, nos meses de inverno, e outra estação chuvosa, que é o verão. O volume anual de chuvas é de 1500 mm. As altas temperaturas e estações alternadamente secas e úmidas caracterizam o clima tropical.

b) tipo climático presente na região de mais baixa latitude do planeta Terra, próximo da Linha do Equador (paralelo de 0° de latitude). É marcado pelas elevadas temperaturas na maior parte do ano, com média de 25 °C, e pela baixa amplitude térmica diária e anual. A umidade do ar é alta, e as chuvas anuais são abundantes e podem facilmente ultrapassar 3000 mm ao ano. Em função disso, no clima equatorial não existe distinção entre as estações do ano. O clima equatorial é marcado pelo elevado teor de umidade.

c) tipo climático que ocorre na zona tropical do planeta Terra, entre as latitudes de 20° e 30° em ambos os hemisférios (Norte e Sul). Esse clima é caracterizado pelos longos períodos de estiagem (sem precipitação) e pelo baixo volume anual de chuvas, que varia entre 250 e 750 mm. As temperaturas são elevadas, com média de 27 °C, e a amplitude térmica anual é baixa. O tempo seco e longos períodos de estiagem são característicos do clima semiárido.

d) tipo climático que ocorre nas latitudes médias, em áreas inseridas na zona temperada que estão nas imediações dos trópicos. No clima subtropical é possível fazer distinção das quatro estações do ano. Ele é caracterizado pelos verões quentes, com temperatura média de 27 °C, e invernos frios, com médias de 10 °C. As chuvas são bem distribuídas durante o ano, e, nos meses de inverno, pode haver registro de geada e de precipitação na forma de neve em algumas áreas. O clima subtropical apresenta chuvas bem distribuídas e alta amplitude térmica. 

4ª Questão

letra E

5ª Questão

letra D

6ª Questão

letra C

7ª Questão

letra B

8ª Questão

letra A

9ª Questão

letra D

10ª Questão

letra C



segunda-feira, 8 de abril de 2024

Atividade 45 de Geografia - 6ª série - Anos Finais - Atmosfera: Aspectos gerais

ATIVIDADE 45

Objeto de Aprendizagem: Atmosfera: Aspectos gerais
Habilidades da BNCC: EF06GE02 / EF06GE03 / F06GE05 / EF06GE06 / EF06GE07 / EF06GE10 / EF06GE11

Faça o download dessa atividade no final, inteiramente GRÁTIS!

1- O que são climogramas?

2- Observe o climograma e responda:

a) Qual mês choveu mais?

b) Qual mês choveu menos?

c) Qual foi a maior precipitação?

d) Qual foi a menor precipitação?

e) Qual foi a maior temperatura?

f) Qual mês registrou a menor temperatura?

3- Observe o gráfico e responda qual clima representa o climograma abaixo.

a) Tropical.

b) Desértico.

c) Polar.

d) Equatorial.

4- Explique como a atmosfera pode ser dividida. Depois, indique em qual camada ocorre a maior parte dos fenômenos meteorológicos. 

5- Quais fatores influenciam na variação da temperatura na atmosfera? 

6- O que são massas de ar? Como elas podem interferir no tempo atmosférico de um lugar? 

7- Explique a diferença entre tempo atmosférico e clima.

8- O mapa abaixo apresenta as temperaturas médias, máximas e mínimas, registradas ao longo do ano em dois municípios do nosso país.

a ) Qual é a amplitude térmica desses municípios? 

b ) Qual cidade apresentou maior amplitude térmica? 

c ) Explique a influência exercida pelos efeitos da continentalidade e da maritimidade na diferença de amplitude térmica dos municípios indicados no mapa.

9- Leia a manchete.

Massa de ar frio que derrubou temperaturas no Sul avança para Sudeste e Centro-Oeste

Agora, de acordo com a manchete, responda às questões no caderno. 

a ) De acordo com o que você estudou, a manchete está informando sobre mudanças no tempo atmosférico ou no clima? 

b ) No caderno, elabore um texto do tipo manchete de jornal, que retrate uma mudança no tempo atmosférico.

10- O mapa abaixo mostra a previsão do tempo atmosférico para o território brasileiro em 25 de agosto de 2018. Observe-o e responda às questões a seguir.

a ) Qual capital estadual apresentou a temperatura mínima mais baixa prevista nesse dia? 

b ) Qual capital estadual apresentou a temperatura máxima mais elevada? 

c ) Imagine que você tenha um amigo que mora em Recife, no estado de Pernambuco. Em 25/08/2018 ele pretende ir à praia, acreditando que poderia aproveitar o dia todo de sol. De acordo com o mapa, seu amigo está certo? Por quê? 

d ) Elabore um texto narrativo descrevendo a previsão do tempo para a capital do estado onde você mora, para o dia 25 de agosto de 2018, de acordo com esse mapa.


 

 

1ª Questão

Resposta: O climograma é uma representação gráfica de dados climáticos. Esse gráfico apresenta informações sobre as médias mensais da precipitação e da temperatura de um determinado lugar, durante o período de um ano.

2ª Questão

a) janeiro

b) junho

c) 270 mm

d) 10 mm

e) 22°

f) Julho

3ª Questão

letra B

4ª Questão

Resposta: A atmosfera é composta de cinco camadas: exosfera, termosfera, mesosfera, estratosfera e troposfera. É na troposfera que ocorre a maior parte dos fenômenos meteorológicos.

5ª Questão

Resposta: A altitude, a latitude, a continentalidade e a maritimidade.

6ª Questão

Resposta: As massas de ar são grandes porções de ar com características internas de temperatura, pressão e umidade semelhantes, o que as diferencia das áreas ao seu redor. Uma massa de ar, ao chegar a uma região com características bem diferentes das suas, provoca mudanças nos ventos, nas precipitações e na temperatura.

7ª Questão

Resposta: O tempo atmosférico corresponde às características da atmosfera num determinado lugar em um determinado momento. Já o clima é a síntese das características do tempo atmosférico de um lugar, observadas ao longo de um período de tempo.

8ª Questão

a ) Porto Velho: 16° C, Maceió: 10° C.

b ) Porto Velho.

c ) Porto Velho é influenciado pela continentalidade, pois no interior do continente a temperatura do ar eleva-se e baixa mais rapidamente, proporcionando maior amplitude térmica. Já Maceió é influenciado pela maritimidade, pois em regiões próximo ao litoral a temperatura do ar eleva-se e baixa mais lentamente, gerando menor amplitude térmica.

9ª Questão

a ) Ela informa mudanças no tempo atmosférico.

b ) Resposta pessoal.

10ª Questão

a ) Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

b ) Teresina. Piauí.

c ) Ele não está certo. De acordo com a previsão do tempo atmosférico haverá pancadas de chuva em Recife para esse dia.

d ) Resposta pessoal.




domingo, 7 de abril de 2024

Atividade 44 de Geografia - 6ª série - Anos Finais - Atmosfera: Tempo e Clima – Massas de Ar

ATIVIDADE 44

Objeto de Aprendizagem: Atmosfera: Tempo e Clima – Massas de Ar
Habilidades da BNCC: EF06GE02 / EF06GE03 / F06GE05 / EF06GE06 / EF06GE07 / EF06GE10 / EF06GE11

Faça o download dessa atividade no final, inteiramente GRÁTIS!

1- Observe o mapa das massas de ar no Brasil e qual(is) massa(s) de ar atua(m) durante o verão no estado onde você mora? E durante o inverno?

2- Observe a tabela e complete as características de cada massa de ar se é seca ou úmida, quente ou fria.

3- Explique quando uma massa de ar é quente e quando ela é fria.

4- Você sabe a diferença entre tempo e clima. Explique.

5- Analise os itens e identifique se são exemplos de tempo ou clima.

a) Ensolarado: ________________

b) Nublado: __________________

c) Tropical: __________________

d) Inverno:___________________

e) Chuvoso: __________________

f) Primavera: ________________

g) Céu parcialmente nublado: _________________

h) Outono: __________________

6- Assinale a alternativa que caracteriza o clima:

a) Choveu muito ontem.

b) Hoje o céu está ensolarada.

c) Esse verão é mais quente que o do ano passado.

d) O céu está nublado.

7- O Tempo atmosférico pode ser entendido como as características da atmosfera em um determinado momento e lugar. Quando dizemos frases como: “Hoje o dia está frio e chuvoso.” ou, então, “Ontem o dia estava quente e ensolarado.”, estamos caracterizando o tempo atmosférico, e não o clima.

A frase é verdadeira ou falsa?

8- O clima corresponde ao conjunto das condições do tempo atmosférico de um lugar, registradas em um período mínimo de 30 anos. Desse modo, para identificar o clima de uma região, é necessário que, ao longo desse período, sejam registradas as condições do tempo atmosférico, principalmente a temperatura e a precipitação. Com base nesses registros, identifica-se o tipo de clima atuante.

A frase é verdadeira ou falsa?

9- Assinale alternativa que NÃO indica corretamente como é feita a previsão do tempo por meio da tecnologia.

a) Balões meteorológicos.

b) Estações meteorológicas.

c) Satélites meteorológicos.

d) Observações espaciais.

e) Crendices populares.

10- Assinale alternativa que indica corretamente como é feita a previsão de chuva por meio da tecnologia.

a) Canto dos sapos.

b) Floração das árvores.

c) Satélites meteorológicos.

d) Crendices populares.


 

GABARITO

 

1ª Questão

Resposta pessoal do aluno.

2ª Questão

3ª Questão

 Resposta: De acordo com o tipo de massa de ar, existe uma frente específica:

• frente quente: forma-se quando uma massa de ar quente avança sobre uma massa de ar frio; 

• frente fria: forma-se quando uma massa de ar frio avança sob uma massa de ar quente.

4ª Questão

Resposta: Esses dois conceitos têm significados diferentes na meteorologia. O tempo se refere às condições atmosféricas registradas em um período de tempo curto - a onda de frio que deve chegar ao Brasil é um exemplo disso. O clima, por outro lado, é um panorama mais prolongado e completo dos padrões de tempo.

5ª Questão

a) Tempo

b) Tempo

c) Clima

d) Clima

e) Tempo

f) Clima

g) Tempo

h) Clima

6ª Questão

Gabarito: C

7ª Questão

Resposta: verdadeira.

8ª Questão

Resposta: verdadeira.

9ª Questão

letra E

10ª Questão

letra C



sexta-feira, 5 de abril de 2024

Atividade 43 de Geografia - 6ª série - Anos Finais - Atmosfera

ATIVIDADE 43

Objeto de Aprendizagem: Atmosfera
Habilidades da BNCC: EF06GE02 / EF06GE03 / F06GE05 / EF06GE06 / EF06GE07 / EF06GE10 / EF06GE11

Faça o download dessa atividade no final, inteiramente GRÁTIS!

1- Escreva um pequeno texto que contenhas as seguintes palavras:


Pressão atmosférica – Peso – Gases – Altitude - Temperatura


2- Observe a imagem responda onde está a menor pressão atmosférica.

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

3- Sobre a dinâmica dos ventos assinale o item FALSO.

a) O vento é o ar em movimento. 

b) As diferenças de temperatura e de pressão estão diretamente relacionadas ao deslocamento do ar. 

c) O ar sempre se desloca das áreas de alta pressão para as áreas de baixa pressão.

d) Os ventos se deslocam apenas em escala local. 

4- Sobre a dinâmica dos ventos e das massas de ar assinale a alternativa INCORRETA.

a) A Circulação Atmosférica é o processo de movimentação do ar ou das massas de ar, ocasionado pelas diferenças de pressão e temperatura existentes na atmosfera terrestre.

b) A célula de Ferrel ocorre nas zonas de médias latitudes, caracterizando um movimento dos ventos que ocorrem próximos à superfície em direção aos polos. Nesse processo, as massas de ar vão se resfriando e subindo, retornando para o seu local de origem e completando o ciclo.

c) A célula Tropical – também chamada de célula de Hadley – ocorre nas zonas de altas latitudes, ou seja, nas regiões localizadas entre a Linha do Equador e os trópicos de câncer e de capricórnio.

d) a célula Polar ocorre nas zonas de altas latitudes, mais próximas aos polos. As massas de ar oriundas das outras células, ao chegarem aos polos, ficam carregadas de umidade e sofrem uma brusca queda de temperatura, dispersando-se, assim, para as regiões tropicais, provocando a ocorrência de fenômenos climáticos associados ao frio e à elevada umidade.

5- Observe a imagem e marque a alternativa correta.

a) A célula Polar ocorre nas zonas de baixa latitudes, mais próximas aos polos. 

b) A célula de Ferrel ocorre nas zonas de alta latitudes, caracterizando um movimento dos ventos que ocorrem próximos à superfície em direção aos polos. 

c) A célula de Hadley ocorre nas zonas de baixa latitudes, ou seja, nas regiões localizadas entre a Linha do Equador e os trópicos de câncer e de capricórnio.

d) A Circulação Atmosférica é o processo de movimentação do ar ou das massas de ar, ocasionado pelas diferenças de pressão e temperatura existentes na atmosfera terrestre.

6- Outros fatores interferem na circulação atmosférica global, como o movimento de rotação da Terra, que atua na circulação dos ventos atmosféricos globais. A força do movimento rotacional do planeta, de oeste para leste, muda a trajetória desses ventos em relação à superfície, recebendo o nome de:

a) Efeito Coriólis.

b) Célula de Ferrel.

c) Célula de Hadley.

d) Célula Polar.

7- Analise as prposições.

I- A umidade está presente na atmosfera terrestre na forma de vapor de água. 

II- A umidade é o resultado da evaporação da água de oceanos, lagos, rios e, também, da transpiração de plantas e animais. 

III- A umidade do ar atmosférico varia conforme o lugar, visto que, em nosso planeta, há lugares extremamente secos e outros cuja umidade é elevada. 

IV- Áreas de desertos tem baixa umidade.

V- Na região Amazônica a umidade é muito baixa.

É verdadeiro o que se afirma em:

a) II, III e V.

b) I, II e V.

c) I, IV e V

d) I, II, III e IV.

8- Sobre as formas de precipitação indique se as alternativas são verdadeiras ou falsas.

( ) O vapor de água contido na atmosfera, ao ser aquecido pelos raios solares, torna-se menos denso e se eleva. 

( ) Em elevadas altitudes, o vapor de água se resfria e condensa- se, formando as nuvens. 

( ) Quando as nuvens se tornam saturadas de água, ocorrem as precipitações na forma de chuva (estado líquido), neve ou granizo (estado sólido). 

( ) A Neve se forma-se quando o vapor de água, que se eleva e forma nuvens, encontra temperaturas muito baixas e se congela, transformando-se em cristais de gelo. Esses cristais precipitam-se na forma de flocos de gelo, chamados neve.

( ) O Granizo forma-se quando as gotas de água, carregadas pelos ventos para as porções mais elevadas das nuvens onde as temperaturas são mais baixas, transformam- se em cristais de gelo. Ao se juntarem, os cristais de gelo tornam-se cada vez maiores até precipitarem-se e atingirem a superfície terrestre na forma de pedras de gelo.

9- A imagem descreve qual forma de precipitação?

a) Água líquida.

b) Granizo.

c) Neve.

d) Não há precipitação descrita na imagem.

10- Você sabe o que são massas de ar? Pesquise e explique em seu caderno.


 

GABARITO

 

1ª Questão

Resposta: A pressão atmosférica pode ser definida como o peso que o ar exerce sobre qualquer lugar da superfície terrestre. Assim, tudo o que existe na superfície do planeta, como construções, automóveis, vegetação e inclusive nós, seres humanos, sofre a ação da pressão atmosférica. A pressão do ar não é a mesma em todos os lugares da superfície terrestre, pois ela pode variar de acordo com a temperatura e a altitude. Em lugares onde a temperatura é baixa, como nas regiões polares, as moléculas que compõem os gases da atmosfera se comprimem, tornando o ar mais denso e com maior pressão. Em situações opostas, como nas áreas de temperaturas elevadas, as moléculas dos gases que compõem o ar se expandem, tornando o ar menos denso e com pressão menor. Agora, veja no esquema abaixo como a pressão atmosférica varia de acordo com a altitude.

2ª Questão

 letra B

3ª Questão

 letra D

4ª Questão

 letra C

5ª Questão

 letra D

6ª Questão

 letra A

7ª Questão

letra D

8ª Questão

Gabarito: V, V, V, V, V

9ª Questão

letra C

10ª Questão

Resposta: Na atmosfera existem grandes porções de ar que apresentam características internas semelhantes, como temperatura, pressão e umidade. Essas características podem ser diferentes de outras porções de ar ao seu redor. Essas porções de ar são denominadas massas de ar.